• Yubertson Miranda

A Estrela: a passividade ao esperar um futuro melhor.


Quando comecei a estudar o Tarot, eu olhava para esta carta e nunca imaginava que A Estrela simbolizaria uma postura passiva. Só na prática passei a observar esse detalhe relevante de tal Arcano.

Impressionante como a preguiça se faz presente quando A Estrela sai num jogo – ou como Arcano do Dia. E é aquela passividade que fica refletindo sobre projetos futuros. Vislumbramos o teor promissor de uma ideia para o futuro. O risco é ficarmos apenas nessa idealização.

Mas é aquela história… se um Arcano representa um determinado movimento (como o rápido que O Carro simboliza ou o lento dA Sacerdotisa),  não dá para a gente querer violentar o símbolo e forçar a barra. Não adianta a gente querer mudar o ritmo do que ele simboliza. É preciso aceitá-lo e viver esse movimento que ele indica da melhor maneira possível.

A Sacerdotisa está sentada na carta. O Carro está em movimento numa carruagem. Ou seja, a própria posição das figuras desenhadas no Tarot nos revela sua dinâmica. E A Estrela? Reparem a posição dela (acima).

Agora veja se não parece com isto:



Será a partir dessas posições que isto poderá ocorrer:



Exato!!! A posição da Estrela é idêntica à dos corredores enquanto ESPERAM na sua raia para partir no rumo do que almejam conquistar: a linha de chegada e a vitória na competição. A postura-sequência da Carta dA Estrela é esta, de Bolt:


Ou seja, A Estrela é um Arcano de preparo, de espera para uma arrancada futura. Você visa algo promissor futuramente. E, para isso, precisa esperar o momento certo de avançar. É importante, nesse processo, se equilibrar, se preparar e renovar suas forças.

Também é fundamental a conexão com o transcendente/imanente: a sintonia com os céus preconizada pela Estrela. Bolt faz isso, justamente no momento em que espera na posição de largada em sua raia. Veja: 


Beijãozão nocês…

Yub

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo