• Yubertson Miranda

A Estrela (no Tarot): A Clareza da nossa escuridão!

Numa reunião do nosso grupo holístico, no início deste ano, resolvemos usar o Tarot. Cada um tiraria uma carta das vinte e duas. O Arcano Maior que seria retirado dali representaria o tipo de aprendizado para o nosso 1o.Trimestre de 2008.

Eu e mais um integrante do grupo, dentre as 12 pessoas presentes, tiramos A ESTRELA. Aposto que a maioria dos estudiosos de Tarot diria que tínhamos um período promissor naquele 1o.Trimestre de 2008. Afinal, a Carta da Estrela é considerada MUITO positiva…

Eu também pensei nisso. E assim interpretei. Considerei que seria um 1o.Trimestre muito enriquecedor, que tudo fluiria de modo muito natural para nós dois expressarmos com autenticidade a nossa criatividade. Teríamos muito prazer ao sermos quem somos, ao veicular nossa natureza, com originalidade e espontaneidade (tal qual a personagem central deste Arcano Maior).

Não passou nem 15 dias e nós dois fomos parar no hospital. Ele, por ter piorado a intensidade da doença de Chron; e eu, por ter entrado numa crise e tanto de ansiedade, junto com uma infecção que não se descobriu a causa.

Fiquei “de molho” durante sete dias… Ele ficou hospitalizado e “de molho” em sua casa… Eu, só deitado, descansando ao máximo, e escrevendo. Escrevi muito, principalmente os sonhos que tive nesta época e as percepções a partir dos mesmos. Fui mergulhando em mim. Na mesma proporção e intensidade, escrevia sobre muitas questões pessoais, existenciais, espirituais, enfim, existenciais. Uma fase extremamente produtiva a nível criativo, expressivo e de autoconhecimento.

Foi então que me dei conta dA Estrela… Lembrei da dinâmica que fizemos no grupo. E o momento em que eu, o último a tirar uma carta, logo depois do G., também extraí A Estrela do monte…

Vivenciei o que A Estrela representa: obter clareza na escuridão e da escuridão. Quando o sol está a pino, a clareza reina. O sol ilumina tudo. E nos impede de ver as estrelas. E quando vemos as estrelas no céu? Quando o sol se põe e a escuridão reina. A Estrela só tem condição de brilhar quando a escuridão se faz presente. E cada estrela deixa marcado o seu espaço no céu noturno, tem a sua autenticidade.

Percebi, na prática, depois de alguns meses, o quanto eu e o G. nos tornamos mais nós mesmos, com o prazer de sermos quem somos, de sermos nós mesmos, de valorizarmos nossa personalidade, nossa individualidade. E, com isso, nós naturalmente nos tornamos mais criativos, espontâneos, naturais.

A Estrela mostrou-nos o que ela representa: nossa individualidade se manifesta, se desenvolve e ganha mais naturalidade para se expressar quando encaramos a escuridão, no sentido de ver ali a nossa alma. A paisagem de nossa alma costuma ser invisível na nossa vida em estado de vigília. A vigília da consciência solar/egóica dificilmente enxerga/destaca a luz da estrela da individualidade (eu interior).

Precisamos ir além da PERSONA que é visível a todos, mas que esconde os tesouros da alma. Muita energia está guardada no que a PERSONA acaba ocultando. Mas, para isso, continuando o processo, precisamos mergulhar ainda mais em nossa alma, tarefa da Lua (o próximo Arcano depois dA Esrela).

Beijãozão nocês…

Yub

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo