• Yubertson Miranda

Arcano Maior e Arcano Menor: a dinâmica do par no Tarot!

Que saudades de escrever aqui no Blog e compartilhar minhas percepções e experiências com o Tarot! Hoje tenho o prazer de retomar essa deliciosa atividade! E quero começar falando sobre o quase inesgotável tema da união entre Arcano Maior e Arcano Menor.

Bem, durante essa semana que fiquei sem escrever aqui, continuei, claro, jogando o Tarot. E a cada dia tirava o Arcano do Dia. Tenho tirado, na verdade, o par de Arcanos do Dia. 🙂 Comecei essa experiência no final do ano passado, mais especificamente no início do mês de Dezembro. Antes apenas tirava uma carta, que podia ser um Arcano Maior ou Menor, porque escolhia uma das 78 cartas misturadas conjuntamente.

O objetivo de ter mudado essa prática foi a vontade de perceber detalhes dessa conjugação Maior-Menor. Sempre ouvi que Arcano Maior predomina sobre Arcano Menor. Também já ouvi pessoas dizendo que, em determinadas tiragens, parece que o Arcano Menor prevaleceu. E eu passei a notar que não existe isso de um predominar sobre o outro. Sabe por quê?

Porque ambos atuam JUNTOS!!

É o mesmo que dizer que, por um jogador de futebol ser destro, a perna direita prevalece sobre a esquerda. O que acontece é que a direita pode ser visivelmente mais atuante que a esquerda. E a esquerda ser uma espécie de coadjuvante. Porém, quem está no poder nos bastidores tem uma influência tão grande quanto quem se apresenta no palco. Apenas não aparece tanto. No caso da metáfora usada do jogador de futebol destro, sem a base e o equilíbrio da esquerda, não haveria o chute eficiente com a perna direita. Ambas atuam em conjunto, unidas. 

Pude perceber com mais clareza essa percepção quando saía com pares de Arcanos bem diferentes. Por exemplo, um Arcano Maior dinâmico (Mago) e um Arcano Menor mais lento (4 de Espadas). Ou um Arcano Maior mais lento (Sacerdotisa) e um Arcano Menor mais dinâmico (8 de Paus). 


No caso do par Mago/4 de Espadas que saí na 4a.feira do dia 24/12/2010, ficou bem evidente o quanto esses Arcanos atuaram de mãos dadas. Cheguei a pensar que as novas ideias (Mago) seriam reprimidas (4 de Espadas). Questionei se minha elétrica ação (Mago) seria bloqueada por ponderar demais (4 de Espadas). Ou se meu dinamismo (Mago) superaria minha inércia (4 de Espadas). 

Nesse dia, eu comecei (Mago) uma nova atividade (Mago). Porém, não fui logo colocando-a no papel. Eu precisei refletir, estudar mais (4 de Espadas) para poder produzir os textos do próximo produto de Numerologia que criarei para o Personare.

Essa ação (Mago), esse início (Mago) foi, de certa forma, bloqueada (4 de Espadas) sim. Porque ainda preciso receber os feedbacks do Mapa-exemplo que criara para duas pessoas. Porém, não me impediu (4 de Espadas) de já começar a escrever (Mago), pois depois que estudei um pouco e refleti sobre como faria (4 de Espadas), já comecei (Mago) a escrever algumas ideias, alguns detalhes a respeito do que colocarei no conteúdo de tal produto de numerologia.

Ou seja, aconteceu tanto o que O MAGO representa quanto o que o QUATRO DE ESPADAS simboliza. Um não prevalece sobre o outro. Um colore e influencia o outro. Vira uma ação conjunta. A conjugação do Arcano Maior com o Arcano Menor que o acompanha vira um mistura heterogênea, gera um efeito combinativo dos atributos de cada qual. 

Beijãozão nocês e um 2011 MAGNÍFICO…

Yub

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo