• Yubertson Miranda

Astrologia/Casa 7: O Inferno é o outro.


A frase de Sartre (“O inferno é o outro”) costuma ser um bom exemplo da vivência do que a Casa 7 no Mapa Natal simboliza.

A Casa 7 (ou Descendente) costuma mostrar o tipo de características e posturas que tendemos a evitar desenvolver e expressar. Porque nos concentramos mais acentuadamente no nosso Signo Ascendente (Casa 1).

Com isso, tenderemos a atrair uma pessoa parceira com uma atitude bastante escancarada do que o Signo da 7 representa. Conheço um casal que tem essa polaridade Ascendente-Descendente invertida. Ele tem Ascendente em Sagitário e Gêmeos na Casa 7. Ela tem Ascendente em Gêmeos e Sagitário na Casa 7.

É impressionante o quanto um representa a sombra do outro (Casa 7). Os dons que não desenvolvemos vai ser conteúdo do que junguianamente consideramos como Sombra. E os dons da Casa 7 acabam sendo indicadores do conteúdo de nossa Sombra. Isto é, não desenvolvemos os talentos e dons associados ao Signo da 7. E esse conteúdo pode surgir de forma bem negativa no perfil da pessoa parceira (Casa 7).

No exemplo desse casal, ele é cheio das certezas (Sagitário). Ele se concentra exaustivamente em suas firmes convicções (Sagitário). Tem dificuldade para analisar mais racionalmente (Gêmeos) o que acaba defendendo fanaticamente (Sagitário). Acabou atraindo uma parceira (Casa 7) bastante racional, lógica e voltada para o intelecto (Gêmeos). Uma mulher que não gosta de fanatismo e prefere analisar as coisas logicamente (Gêmeos).

Ela, como tem Gêmeos no Ascendente, tem Sagitário na Casa 7. Por não desenvolver uma visão mais ampla e filosófica (Sagitário), por privilegiar seu lado mental e intelectual (ascendente em Gêmeos), atraiu um camarada (Casa 7) repleto de certezas e convicções inquestionáveis naquilo que ele considera ser a verdade (Sagitário). É muito engraçado ver os dois dialogando e expressando seus opiniões e informações. rsrs Um vive a Casa 7 do outro. E se transforma num tremendo incômodo para o outro, uma vez que constantemente está incentivando (através desses cutucões) o lidar com as questões do Signo da 7 de cada qual.

Eles são um belo exemplo do quanto tenderemos a atrair uma pessoa parceira que vive de forma exagerada (e às vezes negativa) as qualidades do Signo de nossa Casa 7, caso a gente não decida desenvolver e expressar essas características e atitudes. Corremos o risco, portanto, de – por privilegiar o Ascendente – considerarmos que o “inferno é o outro.”

Beijãozão nocês…

Yub

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo