• Yubertson Miranda

Combinações Tarológicas: Roda Fortuna / Cavaleiro de Paus


Nesse gostoso exercício de associar Arcano Maior com Arcano Menor, hoje brincaremos com o par Roda da Fortuna / Cavaleiro de Paus.

O Cavaleiro de Paus representa um movimento repleto de entusiasmo. Tem a disposição de expandir seus horizontes por meio da inspiração, da criatividade, da empolgação. Está em busca de novas experiências, as quais serão encaradas como uma aventura. É a jornada rumo a um universo mais amplo e cheio de desafios.

O Cavaleiro de Paus simboliza bem aquele adolescente fã de esportes, de aventura, de velocidade. Gosta de uma honrosa competição em que possa demonstrar sua rapidez, sua autoconfiança, sua criatividade. E detesta rotina. Quanto mais preso, mais dá coices sobre o que lhe prende. É um gesto de rebeldia e de inconformismo. Pois almeja ser livre. E está com vontade de fazer o que for preciso para sair da rotina estagnante. Por isso tem um quê de ousadia nesse Cavaleiro.


E a Roda da Fortuna? Ela indica o movimento oscilante, repleto de altos e baixos. Instabilidade. Alterações súbitas.

Eu acho muito engraçado ver essa bipolaridade no Arcano 10 do Tarot. Ora há um movimento em prol do que se quer, mas, de repente, quando achávamos que essa vontade seria realizada, essa experiência seria vivida de fato, acontece uma situação em que tudo muda de figura. Quando começamos a nos adaptar ao fato de que não conseguiremos mais viver algo, então, de repente também, surge outra coisa que nos leva na direção do almejado. E fica nessa gangorra.

E o que acontece quando Roda da Fortuna se encontra com Cavaleiro de Paus?

Há uma oscilação (Roda da Fortuna) no movimento expansivo em busca de novas experiências (Cavaleiro de Paus). Há uma instabilidade (Roda da Fortuna) no entusiasmo e na empolgação (Cavaleiro de Paus).

Em certos momentos (Roda da Fortuna), acreditamos que tudo é possível e que estamos perto de conquistar o que almejamos (Cavaleiro de Paus). E logo em seguida, no próximo momento, tudo se altera (Roda da Fortuna) e não sentimos mais a confiança de que conseguiremos algo (Cavaleiro de Paus).

Convém lembra que os Cavaleiros no Tarot não conquistam efetivamente algo. Eles avançam e conquistam uma certa parte desse algo pretendido. Há um progresso, um nível de vitória. Mas a efetiva conquista são nos Reis.

Assim, muitas ideias, surpresas e novidades (Roda da Fortuna) surgem para que avancemos no caminho de algo pretendido (Cavaleiro de Paus). Mas a vida não está sob nosso controle e inesperados acontecem (Roda da Fortuna) modificando o cenário confiante e entusiasmado que estava marcando a nossa jornada inspirada e criativa no rumo de uma meta (Cavaleiro de Paus).

De todo modo, conseguimos de uma forma até mesmo surpreendente, inusitada e original (Roda da Fortuna) ter um avanço no rumo do que almejamos conquistar de forma criativa, inspirada e entusiasmada (Cavaleiro de Paus).

Beijãozão nocês… Yub

13 visualizações0 comentário